Turma do Curso Cabeleireira de Senhora EFA B3

segunda-feira, 7 de Março de 2011

Ana Graça

Vim para este curso porque fiquei desempregada, e na altura só iria iniciar 3 cursos este de cabeleireiro, o de geriatria e o de empregado de mesa. Deles identifiquei me mais com este, inscrevi-me, e passado pouco tempo fui chamada ao centro de emprego de Torres Novas para fazer os psicotécnicos. Depois de uma semana chamaram-me para dizer os óptimos resultados que obtive, e confirmar que me encacharia muito bem no curso de cabeleireira, entre muitas outras coisas.
» As minhas perspectivas iniciais não eram muitas pois não sabia se iria conseguir ou não ambientar-me ás pessoas e a novas funcionalidades. Pois nunca me tinha imaginado estar com um secador e uma escova trabalhando em simultâneo, o qual fiquei espantada e contente por conseguir fazer.
» As minhas perspectivas futuras são muitas e algumas ainda desconhecidas, pois fazemos sempre alguns planos, uns que acabamos por realizar e outros que por vezes nunca os realizamos. Mas por vezes acontece sempre algo bom em nossas vidas, e esta foi uma oportunidade muito boa que me surgiu a qual eu não estava a espera. Também sei que esta profissão  não entrou na minha vida por acaso, teve e têm um bom motivo….. A única coisa que importa é o agora, e não o futuro, pois o nosso futuro somos nós que o fazemos, não interessa o que iremos fazer, mas sim o que podemos fazer agora para finalizar a meta, depois vivemos um dia de cada vez...

Trabalhos Elaborados:

Carla Alves

A razão para eu estar a tirar o curso de cabeleireira, é: devido ao escritório onde eu era administrativa ter fechado.
Mas já desde muito nova que eu gostava de tirar este curso, mas nunca tinha tido oportunidade de o fazer.
Quando eu comecei a tratar dos papéis para o fundo de desemprego, lembrei-me de me inscrever num curso mas sem esperança de me virem algum dia a contactar. Para meu espanto, passado mais ou menos 4/5 meses recebi uma carta para me apresentar, no centro de emprego para realização dos testes psicotécnicos. Na altura estava numa ocupação na secretaria do Convento de Cristo de Tomar. Quando recebi a carta do centro de emprego fiquei muito contente, pois iria realizar um sonho de criança, mas também tinha receio de não conseguir alcançar os objectivos pretendidos. Pensei muito bem e decidi seguir em frente sem medos, e que, se os outros conseguem o porquê de eu não conseguir? 
As minhas perspectivas iniciais eram tirar o curso e depois logo se via o que iria fazer…
Talvez trabalhar na área ou noutra, dependeria muito como me corresse o curso. Estava muito reticente….
Agora sei aquilo que quero, quero conseguir trabalho nesta área. Vou fazer tudo para encontrar se não for aqui na cidade de Tomar vou para fora (arredores) …
E já tenho projectos de um dia mais tarde, quando tiver mais experiencia no ramo, abrir o meu próprio negócio.

Trabalhos Elaborados:

Julieta Oliveira

A razão, porque entrei neste curso foi por ser um sonho antigo. Quando ouvi falar das novas Oportunidades, resolvi inscrever-me, no curso de Cuidados e Estética do Cabelo o qual está quase a terminar e espero conseguir realizar este sonho.
Em termos de futuro, prefiro pensar um dia de cada vez. O destino a Deus pertence.

 
Trabalhos Elaborados:

Katalin Leucus

Eu Katalin Leucus por não ter possibilidades financeiras e por ter escolaridade insuficiente e como não conheço outra forma de tirar este curso, dirigi-me ao Centro Novas Oportunidades a fim de tentar alcançar este meu sonho: ser CABELEIREIRA. Foi ai que tive a oportunidade de fazer o meu sexto ano, para depois entrar no curso de cabeleireira.
O qual estou a gostar, é esta profissão que eu quero para mim. Espero conseguir acabar o curso, para depois arranjar emprego na área de cabeleireiros, para que um dia se deus quiser ter o meu próprio salão.


Trabalhos Elaborados:

Lúcia Campos

Desde muito pequena que sempre gostei da profissão de cabeleireiro. A minha vizinha tinha um salão mesmo ao lado e assim que sonhava que tinha clientes ia ver os trabalhos que executava. Nunca pensei tirar o curso, mas ao fim de algum tempo decidi-me inscrever nesta área e como a esperança é a única a morrer consegui entrar.
No início do curso sempre pensei que fosse simplesmente um curso mas com o passar do tempo percebi que isto para mim é uma oportunidade de emprego e que com isto posso dar um rumo melhor ao meu futuro.

Trabalhos Elaborados:

Maria Augusta Carvalho

Eu sou a Augusta desde muito nova que tinha um sonho.
O sonho de ser cabeleireira  trabalhei durante algum tempo num salão mas por motivos pessoais tive de abandonar.
Passados muitos anos voltou a surgir uma nova oportunidade e agarrei-a com muita força e segui em frente. Iniciar o curso de cabeleireira para poder exercer a profissão ou melhor abrir o meu próprio salão.
Hoje 28 de Fevereiro de 2011 estou  a terminar, faltam apenas 2 meses para terminar.
Foi um curso muito interessante e um pouco difícil mas com força tudo se consegue.

Trabalhos Elaborados:

Maria de Fátima Rodrigues

O principal motivo foi a paixão pela profissão, desde muito nova que ambicionava ser cabeleireira, embora a vida não me tivesse proporcionado realizar este sonho mais cedo! Como a vida dá muitas voltas surgiu esta oportunidade e é claro agarrei-a com todas as minhas forças. Hoje com 37 anos estou a realizar um sonho de criança.!!!
Perspectivas iniciais? Perguntar-me a mim própria se iria conseguir.
Perspectivas futuras? Conseguir obter a carteira profissional (ajudante e praticante) Ser uma boa profissional, evoluir na profissão., conseguir um emprego estável.

Trabalhos Elaborados:

Maria do Carmo António

quinta-feira, 3 de Março de 2011
A minha razão para tirar este curso é que desde muito nova sempre tive esta vontade, e como me foi dada esta oportunidade eu nem pensei duas vezes aproveitei-a logo, mas houve muitas pessoas que nem essa hipótese tiveram.
As minhas perspectivas iniciais são de conseguir tirar o curso e conseguir atingir os meus objectivos, tentar arranjar um posto de trabalho para começar.
As minhas perspectivas futuras são quando conseguir abrir o meu próprio salão, pois foi sempre o que idealizei para mim e vou conseguir com toda a certeza, vou ter que trabalhar muito mas também sem esforço e trabalho nada se consegue.

Trabalhos Elaborados:
A Invenção da Escrita
As aventuras do Barão no Convento de Cristo
Desemprego
Lâmpadas da Fortuna
O pente
Racismo e Xenofobia
Secador do cabelo
Toxicodependência e SIDA
Tomar
Triângulos e Teorema de Pitágoras

Mónica Carvalho

quarta-feira, 2 de Março de 2011
Vim para este curso porque estava desempregada pois desisti da escola muito cedo este curso de cuidados e estética do cabelo foi o que sempre sonhei foi desde pequena.
Lutei muito para conseguir entrar neste curso pois a minha doença impedia que eu pudesse tirar o curso de cabeleireira mas consegui depois de algum tempo andar a tentar.

Trabalhos Elaborados:
A Fuga
Hypertrichose
A Pele
Livro "Uma Aventura"
A Motivação
Cliente que reclama não gostar do penteado
Xenofobia
Forma de falar de um profissional
Limpeza do cabelo e do couro cabeludo com tinta ou descoloração
Trabalho de grupo de cidadania

Sandra Simão

Olá o meu nome é Sandra Cristina Albuquerque Monteiro Simão.
Sempre soube o que queria fazer, trabalhar na área de cabeleireira mas nem sempre tive oportunidade.
A vida nem não me permitiu seguir por esse caminho, casei cedo ainda não tinha 18 anos e tive de optar por trabalhar noutra área já que não tinha formação em cabeleireiro e era muito difícil conciliar as despesas de casa com uma formação.
Entretanto no fim de alguns anos fiquei desempregada e foi aí que decidi entrar numa formação mas subsidiada pelo centro de emprego já que de outra forma era para mim muito difícil.
Concorri para um curso de cabeleireira e sinceramente não tinha esperanças nenhumas de conseguir entrar, as candidatas eram muitas e pensei logo que não iria ter sorte.
Mas consegui e cá estou, já quase a terminar o curso começou no dia 11 de Novembro de 2009 e acaba agora em Maio.
As minhas expectativas são boas gosto bastante e o meu objectivo é tentar estabelecer-me por conta própria vou tentar não sei se vou conseguir mas vou lutar por isso.


Trabalhos Elaborados:
O Corte
Definição da cor
Descoloração Capilar
Designação de Triconodose e Moniletricosi
A Era da Fotografia
A Fotografia
Permanente
Poupança, Preço, Qualidade do Ambiente
Relatório Workshop Coloração e Técnicas Avançadas de Corte Feminino
Triconodose